Consumo de refrigerantes diet associados a ganho de peso

Postado em jul 14, 2011 em Notícias, Perda de peso | 0 comments

Estudo divulgado recentemente durante uma conferência da Associação Americana de Diabetes, relacionou consumo de refrigerantes diet a aumento de peso.  A pesquisa foi realizada durante 10 anos onde 474 indivíduos foram acompanhados. Aqueles que consumiram 2 ou mais refrigerantes diet por dia apresentaram a circunferência da cintura aumentada até 6 vezes mais quando comparados a não consumidores de refrigerantes. Como a circunferência da cintura aumentada representa um fator de risco para doenças cardiovasculares, esses indivíduos também apresentaram um risco maior de desenvolver essas doenças. Além disso, estudo também mostrou aumento da glicemia (açúcar no sangue) após o uso de aspartame, adoçante utilizado em produtos diet, incluindo os...

Leia mais

E o leite, devemos/podemos consumí-lo?

Postado em fev 4, 2011 em Alimentos, Perda de peso, saúde | 0 comments

Uma série de mitos rodeiam a questão do consumo de leite de outras espécies pelo ser humano adulto. Para complicar essa questão, os profissionais da área da saúde fornecem diferentes opiniões sobre o assunto, alguns sendo favoráveis e outros contra o seu consumo. Recentemente, inclusive, um livro foi lançado levantando todos os prós e contras do consumo de leite na maturidade, baseados em pesquisas científicas, com o objetivo de deixar a decisão de utilizá-lo na dieta, ou não, por conta do leitor. O livro chama-se, para quem tiver interesse, “Leite para Adultos: mitos e fatos frente à ciência”. O que é fato: o leite e derivados representam a melhor fonte alimentar de Cálcio, nutriente com papel importantíssimo na prevenção da Osteoporose. Se você optar por retirar o leite da sua dieta, deverá compensar esse Ca’lcio consumindo outros alimentos que o contenham, como por exemplo alguns vegetais, e alimentos enriquecidos com o nutriente. A diferença está na biodisnobilidade e nas quantidades. Enquanto que, com aproximadamente 3 porções de leite/derivados, sua necessidade diária de Cálcio está atingida, a ingestão de legumes deveria ser quase que durante todo o dia. Quem deve evitar o leite são as pessoas que possuem intolerância à lactose. Essas devem buscar outra maneira de compensar a quantidade reduzida de Cálcio na dieta. Outras vantagens que podem ser consideradas: o leite (desnatado) hidrata mais que a água  após um treino; e estudos sugerem que o Cálcio auxilia no...

Leia mais

Chá Verde: Modo de Preparo

Postado em ago 3, 2010 em Alimentos Funcionais, Perda de peso, saúde | 0 comments

O chá verde atualmente é reconhecido como alimento funcional já que estudos mostram benefícios à saúde de quem o utiliza habitualmente: auxiliar na redução de peso, redução de triglicerídios e colesterol sanguíneos, prevenção de alguns tipos de câncer, redução da pressão arterial, entre outros. Alguns desses benefícios ainda precisam ser estudados pois não estão completamente esclarecidos. Mas uma dúvida bem comum entre as pessoas que possuem indicação para utilizá-lo é de como preparar corretamente o chá verde a fim de não perder seus benefícios. Um estudo bem recente avaliou o chá verde produzido no Brasil, para ver a quantidade de compostos fenólicos (principais responsáveis pelos benefícios do chá verde) e como seria o melhor modo de prepará-lo. Os resultados foram os seguintes: * o chá verde produzido no Brasil apresenta maiores quantidades de compostos fenólicos em função do solo e do clima (amostra de Vale do Ribeira); * ele deve ser preparado por pelo menos 5 minutos em infusão (adicionar a erva à água quente – não deixar a água ferver) para ter seus benefícios; e no máximo por 10 minutos pois seu sabor será alterado nessa fase, liberando taninos e tornando-o amargo; * durante esse preparo, “mexer” o chá levemente; * o chá a granel extrai mais os compostos bioativos do que o sachê de chá (pode-se abrir o saquinho de chá e retirar a erva para prepará-la); * a quantidade média é de 1g de erva para 100ml de água; e, respeitando essa proporção, quanto maior o volume, mais compostos bioativos; * como o chá verde possui antioxidantes, o tempo máximo para ser utilizado, segundo o estudo, é de 24 horas, mantido à temperatura ambiente ou em geladeira. Fonte: Chá verde brasileiro (Camellia sinensis var assamica): efeitos do tempo de infusão, acondicionamento da erva e forma de preparo sobre a eficiência de extração dos bioativos e sobre a estabilidade da bebida. Ciência e Tecnologia de Alimentos; Maio de...

Leia mais