Cada vez mais os alimentos funcionais ocupam lugar na mídia: programas de televisão, revistas, matérias de jornal. Se você acessar hoje o site do Globo Repórter, verá que das 5 matérias mais acessadas, 3 são de alimentos e seus benefícios para a saúde (laranja, linhaça e feijão branco).

Mas o que são Alimentos Funcionais e como podem ser utilizados?

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que regula, entre outras coisas, os alimentos no Brasil, em 1999 definiu da seguinte forma: “todo aquele alimento ou ingrediente que, além das funções nutricionais básicas, quando consumidos na dieta usual, produz efeitos metabólicos e/ou fisiológicos benéficos à saúde, devendo ser seguro para o consumo, sem supervisão médica”. Então, o consumo desses alimentos deve fazer parte de nossa dieta habitual, e, dependendo de cada caso, podemos incluir esses alimentos quando eles não fazem parte do hábito alimentar, a fim de prevenir doenças.

Alguns alimentos funcionais aprovados pela ANVISA (muitos estão sendo estudados e novidades aparecem a todo momento sobre o assunto):

– Fibras Alimentares – auxiliam o bom funcionamento do intestino, fator importante para uma eficiente absorçao de nutrientes e prevenção de doenças; auxiliam na redução de peso e controle do Diabetes. São encontradas em alimentos integrais como pães, arroz, feijão, frutas, legumes, entre outros.

– Beta Glucana – tipo de fibra alimentar que está associada à redução da absorção de colesterol. Ela está presente na aveia.

– Ômega 3 – está relacionado a níveis saudáveis de triglicerídios e colesterol sanguíneos, atividade anti-inflamatória. Está presente em peixes como atum, sardinha e salmão, ou em seus óleos, assim como na linhaça e óleo de linhaça.

Um comentário

  1. 11-15-2009

    Fernanda, parabéns pelo texto! Acho importantíssima a divulgação dessas informações! É sempre válido desfazer-se da idéia de que “para tudo há um remédio”. Por que não começar pelo que comemos? Parabéns!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *